O Senado brasileiro se apressa para aprovar um projeto de lei contra a desinformação que pode comprometer seriamente a privacidade e a liberdade de expressão na rede. Novo relatório pode inviabilizar o acesso a redes sociais e aplicativos, obriga a identificação em massa dos usuários e o rastreamento das nossas comunicações. Ele também pode criminalizar a manifestação online de opiniões políticas e cria exigências que desconsideram características centrais da Internet, indo na contramão da inovação. Diga aos senadores/as que o PL das Fake News passa por cima de direitos conquistados e não pode ser aprovado assim!